Sobre

Dada a atividade atual, que exerço (docência e coordenação do CST Marketing, na Universidade Metodista de São Paulo), commuita motivação, em vez de dissertar sobre isso, ou aquilo, prefiro que compreendam minhas metas e ações, em função de minha vida docente.

Se há algo que me inspira – além dos vinhos, das amizades, do hobby da cozinha, das viagens – é a busca por soluções para melhor contextualizar o aprendizado, do jovem universitário. Nossos alunos não são o mesmo ‘modelo’ de estudante que fomos. Há uma outra realidade, hoje. Quem melhor preparado para mudar: claro que o docente. Entretanto, é o mais resistente.

Precisamos nos adaptar a essa realidade e, deixando de ensinar, procurar soluções para que o aluno aprenda. Esse deve ser o foco: aprendizado. O aluno deve ser motivado, ter autonomia e saber que pode, e deve, criar. Nossa busca é constante, para encontrar abordagens ferramentas e metodologias que nos auxiliem a transformar as aulas em aprendizado. Aqui, gostaríamos de contar com suas contribuições, no sentido de ampliar as discussões sobre o Ensino Superior no Brasil, e no mundo.

Conhecer o mundo, outras culturas, é fundamental para o profissional do futuro. Por isso, o intercâmbio é chave em nosso processo educacional. A página de abertura do nosso blog, apresenta uma barraca típica, montada durante as Fiestas del Pilar, num período em que estivemos com um grupo de estudantes, em Zaragoza, Espanha, no mês de outubro de 2017.

Assim, segue o meu CV Lattes, onde mantenho atualizada, boa parte de minha produção. E, digo ‘boa parte’, pois, há ações de caráter trivial, as quais nem sempre são adicionadas. Elas estão relacionadas com a própria docência, ou, com a coordenação do CST Marketing, na Universidade Metodista de São Paulo.