Dicas para transcrições de conteúdos

Com razoável frequência, temos a necessidade de analisar grandes volumes de conteúdos. Esses conteúdos podem estar em forma de vídeo, de áudio ou de textos. Outras vezes, temos o áudio, mas, precisamos transcrevê-los para que a análise seja facilitada a partir da categorização dos conteúdos. Aí, algumas alternativas podem ajudar-nos.

Vamos começar pela dica de um recurso gratuito, disponível pelo Google Chrome, o Speech. Com alguns poucos cliques aqui, ou ali, podemos avançar. Veja esse vídeo que nos ajuda nessa tarefa. Transcrição de áudio

A grande novidade é o Watson da IBM. Um revolucionário (esse conceito já parece ultrapassado, então vamos dizer… um diruptivo),  sistema de inteligência artificial. Se você não atua em uma área cujo fator preponderante seja a CRIATIVIDADE, cuide-se.

Conheça o Watson nesses dois vídeos

Vamos, que vamos (como diz o Prof. Tony)

Foi dada a largada: o semestre já começou, aliás, um mês (fevereiro), já passou. Na Universidade Metodista de São Paulo, optamos pela qualidade. Com nova reitoria, cabeças arejadas, muito motivados, vamos desenvolvendo novos conceitos e tendo a inovação como argumento de uma pedagogia centrada no ser humano: no Curso Superior de Tecnologia em Marketing, por exemplo, a tônica é a empatia, a percepção do outro (consumidor), enquanto um ser humano que – em todas as análises – podemos ser nós mesmos. O mundo não está bom. Pode e deve mudar. O jovem de hoje, é esse agente de mudanças. É o motor das mudanças. Tanto na sala de aula, como nos eventos desenvolvidos ‘por’ e ‘para’ esses alunos, temos a ATITUDE como pano de fundo das transformações. Metodologias ativas, que envolvem e levam o estudante a colocar a mão na massa.20170206_22575920170209_203017