Erros conceituais: efeito manada no Marketing

Com a socialização da mídia (não ‘das mídias’, pois, seria como falarmos ‘das imprensas’, em vez de ‘da imprensa’), todos, absolutamente, todos, podem gerar conteúdos.

A qualidade desses conteúdos, ah, aí reside o problema. Se é democrática, é livre, é para todos. Para os que estão preparados e, claro, para os que mal sabem escrever – e como eles(as) se manifestam. Com erros dos mais crassos (aliás, Crasso, foi um dos personagens da história romana, que, por volta do ano 59 a.C. dividiu o poder local), tudo pode, nas diversas plataformas que possibilitam – e permitem – acessos e inserções de conteúdos.

Aí, começa o efeito manada: um termo – ou vários termos e conceitos – que, inserido por alguém nem tão corretamente esclarecido, mas, que soa bem aos ouvidos dos incautos, acaba sendo viralizado e, assim, popularizado, por uma turma que não questiona (possivelmente por desconhecimento), mas, acha fácil assimilar o conceito.

Marketing digital (eca!)

Claro que poderíamos citar vários exemplos. Mas, vamos restringir, se não, isso virará um textão.

Sempre tive asco pelo termo ‘marketing digital’. Por quê? Simples: compreenda o que, efetivamente, é Marketing, reflita, e conclua. Como o Marketing pode ser digital, se é estratégia. As ferramentas, as plataformas, os demais recursos, enfim, que possibilitam e facilitam a realização de tarefas relacionadas ao Marketing, isso sim, pode ser digital. Mas o Marketing é estratégia. Não é digital, nem analógico, nem sublime, ou outra conotação equivocada.

Seria como – são outros equívocos – considerar Marketing como sendo Comunicação, Vendas, Publicidade, Propaganda, etc, etc. Baboseira de incautos e desconhecedores.

Claro que o Marketing não pode prescindir de nenhuma dessas áresa/atividades, nem do digital, do analógico, do sublime, do psicológico, do antropológico, etc, etc.

Meu nível de resistência, levou-me, num determinado momento de necessidade de conhecer mais sobre as plataformas digitais, a buscar literatura sobre o assunto.

Deparei-me com um livro de uma autora, sobre a qual já havia obtido boas referências. Comprei o livro, com o nariz torcido, comecei a ler e… tchan, thcan, thcan, tchan GRATA SURPRESA. Voltei a ler o título (que levou-me a torcer o nariz – por equívoco MEU ), com calma, e vi que havia cometido um erro. A autora tinha tido o cuidado de, aproveitando o efeito manada, destacar termos mais chamativos, mas, construir o título corretamente (GABRIEL, M. Marketing  na era digital – conceitos plataformas e estratégias. São Paulo: Novatec, 2010).

No Capítulo 4, item O digital e o marketing, ela cita:

Normalmente, o termo marketing digital é usado como sendo o  marketing que  estratégias com algum componente digital no marketing mix – produto, preço, praça ou promoção. No entanto essa não é adequada por dois motivos. […]

Dessa forma, só há sentido em falar em marketing digital se todas as tecnologias e plataformas usadas nas ações forem digitais. Ainda assim, o termo marketing digital não é totalmente adequado nem nesse caso, pois o digital tende a permear todas as plataformas futuras, tornando-se tão transparente quanto a eletricidade é hoje para nós. Ninguém mais alardeia ou destaca o quanto a eletricidade é importante ou as maravilhas que ela faz, simplesmente poque ela está por detrás de quase tudo o que é feito atualmente. (GABRIEL, 2010, p. 104-105) (nosso negrito).

Então, certamente, passei a ler o texto do livro com muito mais vontade e confiante. Aliás, recomendo-o fortemente.

É uma luta inglória – essa de tentar corrigir a popularização incorreta de determinados conceitos – mas, é a missão do educador, do professor, do pesquisador.

Só para aproveitarmos esse espaço, deixo dois pedidos: 1) reconsiderem o uso incorreto de ‘mídias sociais’ e de ‘marketing social’. Sobre o primeiro termo, já comentei aqui. Sobre esse segundo conceito, segue um link para um artigo muito interessante. Clique e leia Marketing Social e Marketing SocietalMarketing Social e Marketing Societal.

2 respostas para “Erros conceituais: efeito manada no Marketing”

  1. Pois é sinto a mesma ” ira ” rs quando conotam o Marketing dessa forme! Enfim vivemos em um mundo de várias opiniões e várias visões o jeito é tentar entender o outro não deixando perder o real significado de determinado assunto! Principalmente o Marketing essa ferramenta tão poderosa se é que posso chamar assim de administração e planejamento para as empresas!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s